Tarte merengada de limão – Pastelaria para Todos

Tarte merengada de limão – Pastelaria para Todos

Ingredientes (dificuldade: média; tempo total: 1 hora)
Para a base da tarte:
210 g farinha
80 g açúcar em pó
1 ovo
125 g manteiga a temperatura ambiente
25 g amêndoas em pó
1 pitada de sal
Para o creme de limão
150 g açúcar
185 g sumo de limão
Raspa de 3 limões
130 g manteiga
4 gemas
15 g amido de milho
Para o merengue:
210 g açúcar
60 g água
4 claras

Preparação:
Para a base da tarte:
Numa tigela, trabalha-se bem a manteiga até ficar em ponto de pomada. Acrescenta-se pela seguinte ordem o açúcar em pó, as amêndoas em pó, o sal, o ovo e a farinha, certificando-se de que cada ingrediente está bem envolvido antes de acrescentar o seguinte. Faz-se uma bola e cobre-se com película aderente. Leva-se ao frigorífico durante um par de horas para repousar.
Ao final das 2 horas, estende-se a massa e coloca-se numa forma de tarte previamente untada com manteiga. Pica-se o fundo com um garfo e guarda-se no frigorífico durante mais 45 minutos.
Coloca-se o forno a pré-aquecer a 180ºC. Corta-se um círculo de papel vegetal que se coloca por cima da massa e cobre-se com grãos secos. Leva-se ao forno durante 15 minutos. Retiram-se os grãos e o papel e coloca-se no forno durante cerca de 15 minutos mais, ou até que a massa obtenha uma cor dourada.
Para o creme de limão
Num tacho, junta-se o sumo de limão, as raspas, o amido e metade do açúcar. Numa tigela, batem-se as gemas com a outra metade do açúcar. Leva-se o tacho a lume brando e deixa-se ferver sem parar de mexer. Verte-se sobre as gemas, mexendo bem e torna-se a levar a lume brando para ferver novamente, sem nunca parar de mexer. Retira-se do lume e junta-se a manteiga fria e emulsiona-se com a varinha mágica. Verte-se sobre a base já cozinhada e leva-se ao frigorífico para que arrefeça.
Para o merengue:
Na batedeira batem-se as claras em castelo. Num tacho, junta-se o açúcar e a água até atingir os 121ºC. Quando atingir essa temperatura, verte-se a calda de açúcar em fio às claras que se continuam a bater e deixa-se o merengue a bater até arrefecer. Enche-se um saco pasteleiro e decora-se a tarte com o merengue. Queima-se com um maçarico e serve-se.